Amor-Exigente, recuperando dependentes e famílias no Brasil, na Argentina, no Uruguai, na Itália e em Israel

Espalhe essa notícia:

Um milhão e 200 mil dependentes de drogas e suas famílias são atendidos gratuitamente, por ano,no Brasil e também na Argentina, Uruguai, Itália e Israel pela Federação de Amor-Exigente. A FEAE também criou método inédito no Brasil para o atendimento a dependentes de drogas deficientes visuais e auditivos. É o INCLUAE, lançado este ano e já definido como importante iniciativa pela primeira dama Michelle Bolsonaro.

10 mil voluntários participam da Federação realizando reuniões diárias em todo o País. Eles ensinam o que aprenderam, ao enfrentar e superar em suas famílias essa grave doença , a dependência de droga.

Dependência de droga É DOENÇA que muda o funcionamento do cérebro, fazendo PERDER O CONTROLE sobre a quantidade usada,.define a Organização Mundial da Saúde. MUDA O CÉREBRO DE TAL MANEIRA QUE TORNA DIFÍCIL DESISTIR, MESMO QUANDO A PESSOA QUISER PARAR O USO É também definida como doença da família, porque cada usuário torna doente , pelo menos, outras quatro pessoas. Dependência de droga faz perder a noção do que é certo ou errado, tornando difícil pensar, tomar decisões, além de prejudicar a memória. Além de tudo isso, elimina sentimentos.

Presidente da Federação de Amor-Exigente, Miguel Tortorelli

O Presidente da Federação de Amor-Exigente, Miguel Tortorelli, explica como é o atendimento nos grupos e destaca que sempre é mantido SIGILO sobre as revelações nas reuniões: “Recebemos com sorriso,abraço e explicamos como é o nosso programa. Em seguida, um voluntário faz uma leitura curta, ou é tocada uma música para enaltecer o ser humano que somos, o que não leva mais doque cinco minutos. Em seguida, outro voluntário apresenta por 15 a 20 minutos o tema da reunião daquele dia. Depois, a oração da Serenidade. E,em seguida, separam-se em grupos menores para que as pessoas possam organizadamente, partilhar suas dores e alegrias, experiências e ansiedades, e ouvindo experiências, dores e alegrias dos outros participantes daquela roda. Um momento de rica troca de experiência com a garantia de nosso princípio importante, o sigilo.”

Miguel Tortorelli destaca que um dos princípios do AE é ” “Amo você, só não aceito o que você está fazendo de errado. Amar não é fazer tudo pelas pessoas ou dar-lhes tudo o que é possível”. Portanto, ensina aos pais como impor limites, fundamentais para a recuperação. E ensina: “INSISTA, RESISTA, PERSISTA E NÃO DESISTA.”

O Amor-Exigente mantém programa de Prevenção; o programa Amor-Exigentinho, para o público infanto-juvenil , e o programa Sempre É Tempo, para adultos que muitas vezes passam pela “síndrome do ninho vazio” ou têm o desafio de cuidar dos netos.

Padre Haroldo J. Rahm

CRIADO EM 1984 pelo Padre Haroldo J. Rahm, o Amor-Exigente ganhou em 1987 a importante participação de Mara Silvia Carvalho de Menezes, que adaptou o programa ao contexto brasileiro e apresentou durante a “Primeira Conferência Latino Americana de Comunidades Terapêuticas para Farmacodependentes e Alcoolistas, Prevenção e Terapia”.

Mara Silvia Carvalho de Menezes

A criação da Federação de Amor-Exigente foi em 2009, substituindo a FEBRAE-Federação Brasileira de Amor-Exigente, criada em 1984, para acolher novos grupos em outros países.

Amor-Exigente significa esperança, equilíbrio, oportunidade de mudar, para melhor, a vida. É programa transformador. Ensina como superar a infelicidade para descobrir soluções para tornar melhor nossa vida e dos nossos entes queridos.

https://amorexigente.org.br/