Porque drogas viciam

Espalhe essa notícia:

Por que drogas viciam e tornam as pessoas dependentes, capazes de qualquer coisa para conseguir usar, cada vez mais e sempre aumentando a quantidade? Pesquisas provam que:

NAS BEBIDAS alcoólicas, o que vicia chama-se ETANOL, substância produzida pela fermentação de açúcares presentes em cereais, raízes e frutas. Portanto, na produção de cerveja, vinho, vodka, cachaça e licor há etanol, também chamado álcool etílico. O etanol da cerveja vem da fermentação da cevada;o da cachaça, da fermentação da cana-de-açúcar; o etanol do vinho vem da fermentação da uva.Bebidas contêm de 8 a 14 gramas de etanol puro,informa o Centro de Informações sobre Saúde e Álcool-CISA: “Uma lata de cerveja contém aproximadamente de 10 a 12 gramas de álcool puro, o equivalente a uma dose de vinho ou de bebida destilada(cachaça,uísque, conhaque, rum, gin ou vodka).”

NOS PRODUTOS DO TABACO (cigarro, no narguilé,na cigarrilha, no charuto,no cachimbo, no rapé e no fumo de rolo) o que vicia chama-se NICOTINA, que é substância do tabaco.”A nicotina ensina o cérebro a repetir o uso, motivo de facilitar o uso de outras drogas”, explica a psiquiatra Nora Volkow. diretora do NIDA-National Institute on Drug Abuse centro referência em pesquisas sobre drogas nos Estados Unidos.

NA MACONHA, o que vicia chama-se THC-Tetrahidrocanabinol -, “e já chega a ter concentração de 30%”, alerta o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, Coordenador da Unidade de Pesquisasem Álcool e Drogas- UNIAD. “Portanto,causa dependência mais rapidamente com graves consequências à saúde.”

COCAÍNA é “uma substância que estimula fortemente o sistema nervoso central e é extraída de uma planta chamadaErytroxylon coca ou simplesmente coca”, explica o Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas da Universidade Federal de São Paulo. “A cocaína é uma droga com alto poder de gerar dependência. Uma vez tendo experimentado a cocaína existem pessoas que não podem mais determinar ou controlar a extensão com que irão continuar usando a droga.” Cocaína é um pó branco produzido por traficantes a partir das folhas da planta de coca . É droga proibida no Brasil porque causa dependência e é sempre risco para Infarto,Derrame, Asma,Bronquite, Pneumonia, Convulsões, Insuficiência renal, Aids e Hepatite B e C. Dependência de cocaína dificulta concentração fazendo perder, portanto, o interesse pelos estudos, pelos amigos e familiares. E como advertem estudos, “a morte por overdose pode ocorrer no primeiro uso de cocaína” alerta o centro referência em pesquisas sobre drogas nos Estados Unidos, o National Institute on Drug Abuse. “Overdose de cocaína leva a ataque cardíaco, derrame ou convulsão.”

CRACK é preparado com o “lixo da cocaína”, definem dependentes internados em São Paulo e que chegaram a trocar suas famílias por cracolândias. “O crack cria dependência já no primeiro ou no segundo uso”, alerta o psiquiatras Pablo Roig, diretor da Clínica Greenwood. “Um dependente chega a fumar de 20 a 40 pedras de crack, por dia..Os efeitos surgem em 10 a 15 segundos e duram, no máximo, cinco minutos”. Crack prejudica, além do cérebro, coração,pulmões e rins.