Famílias aplaudem pelo ENEM e agradecem com a “Marcha contra as drogas”

Espalhe essa notícia:

Mães, pais, tios e avós do Amazonas ao Rio Grande do Sul aplaudem o ministro da Educação,Abraham Weintraub, pela realização do ENEM-Exame Nacional do Ensino Médio – no dia 3 de novembro, domingo, quando também estarão nas ruas na “Marcha das Famílias contra as drogas”. Mães,pais, tios e avós agradecem ao ministro pela grande oportunidade de abrir oportunidades em faculdades. E estarão nas ruas, sem barulho em endereços de provas para não prejudicarem o ENEM-Exame Nacional do Ensino Médio. O objetivo é valorizar a Educação e NÃO permitir que drogas atrapalhem ou tirem estudantes das escolas, já que o uso de drogas é a causa número um do afastamento de milhares de jovens dos estudos no Brasil.

Mães, pais,tios e avós vão fazer um apelo aos ministros do Supremo Tribunal Federal para NÃO liberarem o uso de drogas no Brasil. É que nesta semana foi marcado para TRÊS DIAS, após o ENEM, em 6 de novembro, julgamento no STF de ação da Defensoria Pública de São Paulo, que quer eliminar o artigo 28 da lei 11.343, O artigo proíbe uso, porte, compartilhamento e armazenamento de drogas e plantação de maconha no país. Se os ministros do STF votarem a favor da solicitação da Defensoria, estarão autorizados no Brasil, a partir de 6 de novembro, porte, uso, compartilhamento e armazenamento de drogas e também da plantação de maconha no país. TRÊS MINISTROS DO STF JÁ DECLARARAM SER A FAVOR DA LIBERAÇÃO DE DROGAS NO BRASIL:

-o relator da ação da Defensoria, ministro Gilmar Mendes já votou pela LIBERAÇÃO DE USO E PORTE DE TODAS AS DROGAS ;

-os ministros Luís Roberto Barroso e Edson Fachin votaram pela liberação do uso e porte de maconha.

Fatos gravíssimos que motivaram o líder do PSL na Câmara dos Deputados, Eduardo Bolsonaro, solicitar à Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, do Ministério da Cidadania. reunião de urgência nesta semana, em Brasília, com os movimentos antidrogas em atuação no país.Foi então criada a ‘MARCHA DAS FAMÍLIAS CONTRA AS DROGAS”.

Como alerta o Decreto 9.761 de abril de 2019, o uso de drogas “ se constitui um grave problema de saúde pública, com reflexos nos diversos segmentos da sociedade. Os serviços de segurança pública, educação, saúde, sistema de justiça, assistência social, dentre outros, e os espaços familiares e sociais são repetidamente afetados”.

A “MARCHA das FAMÍLIAS CONTRA AS DROGAS” será a resposta de mães, pais, tios, avós a todas as autoridades para tornar muito claro que NÃO querem a liberação do uso e do porte de drogas no Brasil. Por quê? Porque o uso de droga causa doença grave,afasta dos estudos, provoca suicídio de jovens, portanto, impede o futuro das famílias .Hoje, uso de droga é a principal preocupação de famílias de todas as classes sociais no Brasil,

As famílias, entidades antidrogas e a Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas vão para as ruas, ministro Abraham Weintraub, para reforçar o que é importante para o Brasil: Educação, Saúde, Segurança e Assistência Social. Portanto, tornar histórico o dia 3 de novembro com ENEM e “Marcha das Famílias contra as Drogas” . Como têm enfatizado os centenas de organizadores da “Marcha da Família” em todo o país: VIDA SIM! DROGAS NÃO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *