“Maconha, risco para depressão e esquizofrenia”, alerta psiquiatra da Unifesp

Espalhe essa notícia:

“Maconha triplica os riscos para depressão, triplica os riscos para psicose e aumenta o risco para esquizofrenia” alerta o psiquiatra Claudio Jerônimo da Silva, professor Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo no site da UNIAD-Unidade de Pesquisas em Álcool e Drogas.. Maconha é uma das inúmeras drogas que a Defensoria Pública de São Paulo quer autorizar o uso, o porte, o compartilhamento e o armazenamento e também a plantação no Brasil em ação que está para ser julgada- ainda sem data- no Supremo Tribunal Federal. PARA EVITAR TRAGÉDIAS COMO ESTA , FAMÍLIAS E ENTIDADES ANTIDROGAS SE UNIRAM , SOB A COORDENAÇÃO DA SECRETARIA NACIONAL DE CUIDADOS E PREVENÇÃO ÀS DROGAS , DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA, PARA A CRIAÇÃO DA “MARCHA DAS FAMÍLIAS CONTRA AS DROGAS, QUE SERÁ NO PRÓXIMO DOMINGO, 3 DE NOVEMBRO ,NAS 26 CAPITAIS E NO DISTRITO FEDERAL

Secretário Nacional deCuidados e Prevenção as Drogras- Quirino Cordeiro Júnior

O Secretário de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania, psiquiatra Quirino Cordeiro Júnior, tem recomendado ser “extremamente importante que toda a Sociedade se mobilize para pressionar o Supremo Tribunal Federal e evitar que uma decisão equivocada acabe expondo, ainda mais, as famílias brasileiras ao grande flagelo das drogas”.

As famílias, entidades antidrogas e o Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, psiquiatra Quirino Cordeiro Júnior vão para as ruas, tornar histórico o dia 3 de novembro com “Marcha das Famílias contra as Drogas”. Como têm enfatizado os centenas de organizadores da “Marcha da Família” em todo o país: VIDA SIM! DROGAS NÃO!