OMS:“Bebida alcoólica causa morte de pessoas de 20 a 39 anos”

Espalhe essa notícia:

Até jovens de 20 anos morrem pelo consumo de bebida alcoólica, alertam a Organização Mundial de Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde. “O consumo de bebida alcoólica causa morte e incapacidade relativamente cedo na vida. Na faixa etária de 20 a 39 anos, aproximadamente 13,5% do total de mortes são atribuíveis à bebida alcoólica.”

O Ministério da Saúde adverte:“O consumo de qualquer tipo de bebida alcoólica pode trazer danos imediatos à saúde ou a médio e longo prazo. Isso sem contar com os riscos de acidentes de trânsito causados pela combinação de álcool e volante.”

O álcool da bebida chama-se etanol, substância produzida pela fermentação de açúcares presentes em cereais, raízes e frutas. Portanto, na produção de cerveja, vinho, vodka, cachaça e licor há etanol, também chamado álcool etílico. O etanol da cerveja vem da fermentação da cevada;o da cachaça, da fermentação da cana-de-açúcar; o etanol do vinho vem da fermentação da uva.Bebidas contêm de 8 a 14 gramas de etanol puro,informa o Centro de Informações sobre Saúde e Álcool. O CISA, que tem como parceira a AMBEV, que representa 30 produtoras de cerveja, informa:“Uma lata de cerveja contém aproximadamente de 10 a 12 gramas de álcool puro, o equivalente a uma dose de vinho ou de bebida destilada(cachaça,uísque, conhaque, rum, gin ou vodka).”

O etanol das bebidas alcoólicas causa a embriaguez, tornando a pessoa incapaz de tomar decisões. O etanol tem absorção lenta pelo estômago e mais rápida pelo intestino. Pela corrente sanguínea é levado para outros órgãos. Coração, cérebro e músculos recebem a mesma concentração de etanol do sangue. Concentrações maiores ficam no fígado.

 O álcool das bebidas causa 200 doenças, alertam a Organização Mundial da Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde. “A longo prazo, o álcool prejudica todos os órgãos, em especial o fígado, que é responsável pela destruição das substâncias tóxicas ingeridas ou produzidas pelo corpo durante a digestão. Dessa forma, havendo uma grande dosagem de álcool no sangue, o fígado sofre uma sobrecarga para metabolizá-lo.” O álcool no organismo causa inflamações, que podem ser:

– gastrite, quando ocorre no estômago;
– hepatite alcoólica, no fígado;
– pancreatite, no pâncreas;
– neurite, nos nervos.

O consumo de qualquer tipo de bebida alcoólica pode trazer danos imediatos à saúde ou a médio e longo prazo. PORTANTO, adverte a Organização Mundial de Saúde: “Não existe volume seguro de bebida alcoólica a ser consumida.”