Dependência de droga é doença que dificulta pensar e tomar decisões

Espalhe essa notícia:

“Dependência de droga é doença que muda o funcionamento do cérebro, fazendo com que parar o uso seja difícil, mesmo para quem quiser. Muda o comportamento, faz perder memória, dificulta pensar e tomar decisões”, define o instituto de pesquisas sobre drogas referência nos Estados Unidos, o Nacional Institute on Drug Abuse.

Dependência de droga está no Código Internacional de Doenças, da Organização Mundial da Saúde, adotado no Brasil. É doença crônica, portanto, tem tratamento, mas não tem cura. Começa com convite de parente ou colega para experimentar. “Para cada dependente, há outras quatro pessoas afetadas”, conclui estudo da Universidade Federal de São Paulo com 3.142 famílias de dependentes em tratamento, em 23 capitais do País e coordenado pelo psiquiatra Ronaldo Laranjeira. O uso de drogas pode ser evitado com campanha de prevenção para pais, alunos e professores.

A NOVA LEI  NO BRASIL AUTORIZA INTERNAÇÃO INVOLUNTÁRIA

Conselho Federal de Medicina, Associação Brasileira de Psiquiatria e famílias aprovam o novo Decreto e a Nova Lei Federal que estabelecem, a partir de 2019,a política sobre drogas em todo o País.

Pela nova Lei, famílias ou agentes públicos podem pedir ao médico a internação involuntária em hospital do SUS para dependente de droga que colocam em risco sua vida e a de terceiros, como os que estão em cracolândias , por exemplo.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/Decreto/D9761.htm

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/lei/L13840.htm