FEDERAÇÃO DE AMOR-EXIGENTE VAI ENVIAR À GLOBO E AO PROGRAMA DE FÁTIMA BERNARDES QUESTIONAMENTO SOBRE O SIGNIFICADO DE DIVULGAR MÚSICA COM DUPLO SENTIDO QUE COLOCA EM RISCO ADOLESCENTES E FAMÍLIAS

Espalhe essa notícia:

100 mil famílias de dependentes de drogas que a Federação de Amor-Exigente acolhe e orienta, por mês e gratuitamente no Brasil estão indignadas e revoltadas contra a música “VERDINHA”, de Ludmilla em parceria com o Major Lazer (produtores da música) e Topo La Maskara ; contra o programa “ENCONTRO COM FÁTIMA BERNARDES” da TV Globo que apresentou Ludmilla cantando Verdinha em 23 de dezembro; e contra a TV Globo, que permitiu a exibição de “Verdinha” em programa dirigido às famílias. Ludmilla também foi a convidada do programa “Altas Horas” da TV Globo. “Encontro com Fátima” é programa matinal para as famílias e em rede nacional. E o grave, ensinam estudos, é que pessoas famosas exercem influência na sociedade e principalmente na formação de crianças e adolescentes, público de Fátima Bernardes e do Altas Horas.

Na letra de VERDINHA , Ludmilla canta “ uma erva plantada em casa” e, no vIdeoclipe fica rodeada de plantas verdes e bastante fumaça. Ludmilla canta: “Eu fiz um pé lá no meu quintal, tô vendendo a grama da verdinha a um real”, “Vou tacar fogo em mais um só pra não ficar maluca” e “Fiquei locona, chapadona, só com a marola da ruhama”. Apesar da plantação ser de alface, a cantora e o elenco fumam.

COMO FEDERAÇÃO DE AMOR-EXIGENTE PERGUNTAMOS AOS INTEGRANTES DA MARCHA DAS FAMÍLIAS CONTRA AS DROGAS QUAL VAI SER A RESPOSTA DESTE IMPORTANTE GRUPO BRASILEIRO A LUDMILLA, AO PROGRAMA DE FÁTIMA BERNARDES E À TV GLOBO , QUE TEM ABERTO ESPAÇO PARA LUDMILLA EM SUA PROGRAMAÇÃO.

EM SEU TWITTER, O MINISTRO DA CIDADANIA, OSMAR TERRA, TEM DENUNCIADO:“O Lobby das drogas não tem limite moral nem legal!Plantar maconha é crime, fazer apologia de crime é crime também. Usar um programa de TV incentivar o plantio e uso da maconha é crime duplo. O Lobby das drogas não tem limite moral nem legal!”.

O DEPUTADO FEDERAL CABO JUNIO AMARAL (PSL-MG),entrou com representação contra Ludmilla na Polícia Federal e no Ministério Público Federal, em 3 de dezembro, além de ter solicitado nota de repúdio da Câmara dos Deputados.

O Deputado Campos Machado ,Coordenador da Frente Nacional Contra a Liberação da Maconha e da Cocaína, manifesta sua preocupação com os jovens ao falar da música “ Verdinha”, da funkeira Ludmilla.

“”É chocante ver que a apologia ao uso de drogas passou a ser comum até em manifestações culturais, como a música, porque isso impacta milhares de pessoas”, afirmou Campos Machado.

E completou: “a cantora manda uma mensagem completamente errada aos nossos jovens, é como se a maconha fizesse bem ou fosse algo bom. Isso é um verdadeiro engodo para a juventude… pois a maconha é uma droga que leva a outras drogas ainda piores e causa diversos males à saúde”.

Em sua música MC Ludimilla faz apologia a um pé de “Verdinha” plantado no quintal, que a letra diz vendê-la a um real, ficando “chapadona”, só com a “marola”.

COMO MARCHA, SUGERIMOS AO GRUPO TAMBÉM QUESTIONAR A TV GLOBO POR QUE permite apresentação de cantora e música que estão sendo denunciadas por deputado federal do PSL ao Ministério Público “ por apologia à maconha” e apresentação definida pelo Ministro da Cidadania, Osmar Terra, “como duplo crime”.

COMO MARCHA, SUGERIMOS QUESTIONAR o programa da FÁTIMA BERNARDES.

E, COMO MARCHA, sugerimos questionar LUDMILLA.

EM 3 NOVEMBRO, A MARCHA UNIU BRASILEIROS DE NORTE A SUL DO PAÍS E CONSEGUIU FAZER O STF TIRAR DA PAUTA DE 2019 JULGAMENTO DE AÇÃO QUE DEFENDE LIBERAR O USO E O PORTE DE DROGAS E A PLANTAÇÃO DE MACONHA. VENCEMOS COM CORAGEM E DETERMINAÇÃO.

NA FEDERAÇÃO DE AMOR-EXIGENTE, VAMOS COBRAR DE LUDMILLA, DA TV GLOBO E DE FÁTIMA BERNARDES. E A MARCHA?
TEMOS CERTEZA DE QUE OS LÍDERES DA MARCHA IRÃO RESPONDER O MAIS RÁPIDO POSSíVEL, PELO RESPEITO QUE TÊM PELAS FAMÍLIAS BRASILEIRAS.

AGRADECEMOS A ATENÇÃO.

Foto: Carlos Torres

MIGUEL TORTORELLI,PRESIDENTE DA FEAE
IZILDA ALVES, CONSULTORA DA FEAE