Psiquiatra Quirino Cordeiro Júnior “ Lucro, objetivo do gigantesco lobby da indústria da maconha e da Fundação americana Open Society ao defenderem a liberação do uso da maconha e de outras drogas no Brasil”

Espalhe essa notícia:

A música “Verdinha” , escrita e cantada por Ludmilla com Major Lazer e o dominicano Topo La Maskara vem sendo denunciada como “apologia ao uso e tráfico de drogas” em solicitações de investigação e ação protocoladas no Ministério da Justiça, Ministério Público Federal e na Polícia Federal. Os autores das denúncias são o Senador Eduardo Girão e os deputados federais Cabo Junio Amaral e Otoni de Paula, que pedem também investigação e ações contra a TV Globo e contra Fátima Bernardes, por ter apresentado Ludmilla ao vivo cantando “Verdinha” em seu programa matinal, dirigido às famílias e assistido por crianças.

MAIS GRAVE AINDA: “Verdinha é a ponta do iceberg do lobby da indústria da maconha no Brasil”, denuncia o Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, do Ministério da Cidadania, psiquiatra Quirino Cordeiro Júnior. “Um lobby gigantesco”, define o Secretário, já adiantando o que vai revelar amanhã, segunda-feira, 6 de janeiro, às 9h30m da manhã, no programa “Metrópole em Foco”, do jornalista Pedro Nastri na Rádio Trianon- AM 740. Programa com a participação do Presidente da Federação de Amor-Exigente, Miguel Tortorelli e que eu terei o privilégio de também participar.

O Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, psiquiatra Quirino Cordeiro Júnior já descrevia no Congresso Freemind, realizado de 4 a 7 de dezembro, em Águas de Lindóia, cidade paulista a 162 quilômetros da capital, como funciona esse “lobby gigantesco no Brasil”. Lobby no Congresso Nacional e da Fundação Open Society, que tem sede nos Estados Unidos e financia em vários países entidades que defendem a liberação do uso e porte de drogas Doutor Quirino alertava no Congresso Freemind: “E o único interesse desse lobby gigantesco é o lucro. Não estão interessados na Saúde das famílias, em Segurança Pública e muito menos em tirar das cadeias presos por tráfico. “No Brasil, o Secretário citou a FIOCRUZ, entre as entidades que recebem recursos da Open Society :

ASSISTA NOVAMENTE à denúncia do doutor Quirino Cordeiro Júnior , que publicamos ontem, sobre a o lobby da indústria da maconha no Congresso Nacional, onde o Secretário enfatiza“O único interesse desse lobby gigantesco é o lucro. Não estão interessados na Saúde das famílias, em Segurança Pública e muito menos em tirar das cadeias presos por tráfico. :