Mãe faz apelo dramático a Ludmilla: “Pare de cantar Verdinha, que faz apologia da maconha”

Espalhe essa notícia:

Indignada, mãe que perdeu o filho por dependência de drogas faz um apelo dramático a Ludmilla: “Pare de cantar a música “Verdinha”, que é apologia da maconha, droga que só causa desgraça nas famílias” .JANI XAVIER fala ao lado da gaveta onde está enterrado o filho Jeferson, no cemitério em Caucaia do Alto, em Cotia, cidade paulista a 35 quilômetros da capital. O FILHO MORREU em 2017, na véspera do Dia das Mães. Dia que Jani não esquece nunca mais porque teve de ir reconhecer o corpo do filho, de 27 anos, no Instituto Médico Legal, de Cotia..“Até hoje, não superei essa dor devastadora!”, Assista à entrevista de Jani Xavier à jornalista Izilda Alves, editora do Diário Antidrogas.