Seis consequências graves que você talvez não saiba sobre maconha

Espalhe essa notícia:

As explicações são do centro referência para pesquisas sobre drogas dos Estados Unidos, o National Institute on Drug Abuse:

!) Maconha é planta MAS CONTÉM THC, substância que causa a dependência e põe em risco cérebro, coração, pulmões, rins , além de poder causar náusea, vômito e desidratação graves, às vezes exigindo atendimento médico de emergência.

2)Quando uma pessoa fuma maconha, o THC passa rapidamente dos pulmões para a corrente sanguínea e o sangue transporta o THC para o cérebro e todos os outros órgãos.

3)A quantidade de THC na maconha tem aumentado constantemente ao longo das últimas décadas, portanto vicia mais rápido.

4)O THC atua em receptores específicos de células cerebrais que desempenham importante função no desenvolvimento e função normais do cérebro, prejudicando memória, noção de tempo, mudando o humor, dificultando pensar e resolver problemas, causando alucinações, delírios e psicoses.

5) A fumaça da maconha pode causar nos pulmões as mesmas dificuldades respiratórias provocadas pelo tabaco. Esses problemas incluem tosse e catarro diários, doenças pulmonares mais frequentes e maior risco de infecções pulmonares.

6)Outro risco grave de fumar maconha é o ataque cardíaco.A maconha aumenta a freqüência cardíaca por até 3 horas após o fumo.Este efeito pode aumentar a chance de ataque cardíaco. As pessoas mais velhas e aquelas com problemas cardíacos podem estar em maior risco.