“Pela primeira vez, o governo federal tem uma Secretaria especializada no combate às drogas, com prevenção, tratamento e reinserção social.” Claudia Leite, Diretora da SENAPRED

Espalhe essa notícia:
DIRETORA DE PREVENÇÃO, CUIDADOS E REINSERÇÃO SOCIAL DA SENAPRED, CLAUDIA LEITE.

“Pela primeira vez, o governo federal tem uma Secretaria especializada na prevenção ao uso de álcool e outras drogas, tratamento e a reinserção social dos dependentes químicos. Secretaria que valoriza também , pela primeira vez no Brasil, a assistência aos familiares dos dependentes, investindo UM MILHÃO E 200 MIL REAIS para aumentar o número dos quatro grandes grupos de mútua-ajuda no País: Federação de Amor-Exigente, Cruz Azul, Fazenda da Esperança e Pastoral da Sobriedade.” Inéditas no Brasil, são ações da SECRETARIA NACIONAL DE CUIDADOS E PREVENÇÃO ÀS DROGAS- SENAPRED- DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA, que está completando um ano este mês, comemora a advogada Claudia Leite, DIRETORA DE PREVENÇÃO, CUIDADOS E REINSERÇÃO SOCIAL DA SENAPRED.

Advogada mineira, está na SENAPRED desde o início, janeiro de 2019. No currículo , sua especialização no combate à epidemia causada pelo uso de drogas no Brasil. Em Minas Gerais, foi Conselheira Estadual de Políticas sobre Drogas, membro da Comissão da Câmara de Segurança Pública, membro da Comissão das Diretrizes de Atenção Integral ao Usuário de Drogas no âmbito das Políticas de Segurança Pública e Subsecretária de Políticas sobre Drogas.

A advogada Claudia Leite com o ministro da Cidadania,,Osmar Terra, e com o Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, psiquiatra Quirino Cordeiro Júnior

Das realizações no primeiro ano da SENAPRED, Claudia Leite destaca:

a nova Política Nacional sobre Drogas e a nova Lei de Drogas, que visam uma sociedade mais protegida do uso de drogas lícitas e ilícitas e da dependência química, com foco na abstinência, visando a promoção da saúde;

aumento de 2.900 para 11.000 vagas em comunidades terapêuticas;

– em prevenção, lançamento da Campanha Nacional de Prevenção às Drogas, desenvolvido o Projeto Hera – Prevenção do consumo de álcool, tabaco e outras drogas para gestantes, lactantes e mães de crianças na primeira infância- e ampliadas as ações do PROERD – Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD) nos municípios;

.-na área de reinserção social foram firmadas parcerias para ações com foco na geração de emprego e renda por meio dos Programas Progredir e Brasil Mais Empreendedor, voltadas aos dependentes químicos.

E Claudia Leite já anuncia: “Em 2020, todas essas ações serão intensificadas de modo a reduzir os graves problemas relacionados às drogas no Brasil”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *