450 líderes apoiam as ações da SENAPRED

Espalhe essa notícia:

Na foto: da direita para a esquerda- Secretário Quirino Cordeiro Júnior, Joaquina Mercês, Claudia Leite, Vivi Figueiredo e Edu Cabral

450 lideres antidrogas e famílias de Norte a Sul do País aprovam a Nova Política Nacional Sobre Drogas. São políticos, esportistas, artistas, associações de familiares,instituições, entidades médicas e representantes de igrejas de todo o País que participam do “Fórum Permanente de Mobilização Contra as Drogas”, lançado este mês pela Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, do Ministério da Cidadania, em Brasília.

A Nova Política Nacional Sobre Drogas , criada pela Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, torna realidade a promessa do Presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral. O então candidato comparava a legalização das drogas à legalização da corrupção e definia como um ataque à família. “Vamos perguntar a qualquer pai se ele é favorável à liberação das drogas.99% são contra. Não se deve punir o usuário da droga, mas aumentar as punições aplicadas ao tráfico.”

E o presidente tem razão. Todas as pesquisas revelam que a população brasileira é contra a liberação do uso, do porte e defende a prisão de traficantes. Afinal, ninguém quer filho ou pessoa querida dependente de drogas ou no tráfico de drogas.



Valorizar as famílias preparando para a prevenção e também para a recuperação dos dependentes de drogas são ações inéditas que marcam o primeiro ano da SENAPRED_- Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, do Ministério da Cidadania, criada pelo Decreto 9.674 em janeiro do ano passado . Os resultados surpreendentes reúnem quatro necessidades sempre reivindicadas e, pela primeira vez, atendidas: prevenção, tratamento, reinserção social e assistência às famílias dos dependentes de drogas.

Psiquiatra Quirino Cordeiro Júnior, Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção ás Drogas, do Ministério da Cidadania


RESULTADOS em tempo recorde “de uma equipe extremamente envolvida com a causa da dependência química no Brasil”, define o Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, psiquiatra Quirino Cordeiro Júnior. Equipe formada pela advogada Claudia Leite, pelo líder da Marcha das Famílias contra as Drogas, Edu Cabral, pela psicóloga Livia Lopes, pela chefe de gabinete,a Joaquina Zaltum de Campos Pereira Mercês e dezenas de funcionários envolvidos com o tema: “Estruturamos a nossa Secretaria contando com a participação de pessoas fantásticas com as quais eu tenho tido a imensa satisfação, a imensa alegria de trabalhar nestes projetos tão importantes ao País.”

No primeiro ano, a SENAPRED já atende às reivindicações da população e do Presidente Bolsonaro, que tem enfatizado “NÃO FUI ELEITO PARA LEGALIZAR AS DROGAS NO BRASIL”

PREVENÇÃO será realidade já na volta às aulas, após o Carnaval. 570 mil crianças e adolescentes, de 10 a 13 anos de escolas públicas de Norte a Sul do País, irão assistir à campanha de prevenção da SENAPRED em parceria com o PROERD -Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência. O objetivo é conscientizar sobre as graves consequências do uso de drogas para quem usa e para a sua família, desestimulando o uso.

TRATAMENTO-Pela primeira vez no Brasil , lei federal autoriza familiar de dependente de droga ou agente de Saúde solicitar ao psiquiatra a internação involuntária de dependente de drogas em hospital do SUS, quando o dependente estiver colocando em risco sua vida e a de terceiros , como ocorre, por exemplo, em cracolândias.

REINSERÇÃO SOCIAL DE DEPENDENTES COM O AUMENTO DE 2 MIL PARA 20 MIL O NÚMERO de vagas em Comunidades Terapêuticas. 500 já assinaram convênio com a Secretaria Nacional de Prevenção e Cuidados e Prevenção às Drogas.

E na recuperação dos dependentes de drogas, a importante participação das famílias, explica o Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, psiquiatra Quirino Cordeiro Júnior: