Federação de Amor-Exigente: fechamento do Galba Velloso significa risco de nova epidemia em Minas Gerais, desta vez de milhões de doentes mentais

Espalhe essa notícia:

Foto do Hospital Galba Velloso::Alexandre Hatem Pereira

A Federação de Amor-Exigente , que atende UM MILHÃO E 200 MIL FAMÍLIAS DE DEPENDENTES DE DROGAS gratuitamente, por ano, no Brasil, protesta contra o fechamento do hospital psiquiátrico GALBA VELLOSO , da rede pública de Minas Gerais. Em manifesto enviado ao governador Romeu Zema Neto e aos deputados , a FEDERAÇÃO adverte: “ Se for mantido o fechamento do hospital psiquiátrico GALBA VELLOSO, que atendia na rede pública de Saúde 60% dos casos enviados pelos 853 municípios de seu Estado, mas que sua equipe de Saúde fechou no final de março para o prédio ser somente para casos da COVID-19., o senhor irá enfrentar uma nova epidemia. Desta vez, de milhões de doentes mentais e dependentes de drogas nas ruas de seu Estado sem ter onde internar, recuperar.”

No manifesto,a FEAE cita a advertência de 17 médicos em carta aberta à população:“Ressaltamos que, além das consequências habituais decorrentes da falta de tratamento ao paciente psiquiátrico, os mais diversos e por vezes gravíssimos danos a si mesmos e a terceiros, essa população estará muito mais sujeita a ser infectada pelo novo coronavírus e a contaminar pessoas, devido a sua falta de atenção para com cuidados básicos de higiene e a atitude de errância que lhes é tão comum. ”

O Manifesto da Federação de Amor-Exigente, assinado pelo Presidente da FEAE, Miguel Tortorelli, e pela jornalista Izilda Alves, Consultora da Federação de Amor-Exigente, desafia: “Essa a imagem , senhor Romeu Zema Neto, que o senhor quer passar do seu governo?”


.

MANIFESTO DA FEAE

Ao Excelentíssimo

Governador de Minas Gerais

Romeu Zema Neto

Prezado Senhor:

Como representantes de milhões de famílias em risco em Minas Gerais de terem filhos ou pessoas queridas com doença mental, a Federação de Amor-Exigente faz um alerta: se for mantido o fechamento do hospital psiquiátrico GALBA VELLOSO, que atendia na rede pública de Saúde 60% dos casos enviados pelos 853 municípios de seu Estado, mas que sua equipe de Saúde fechou no final de março para o prédio ser somente para casos da COVID-19., o senhor irá enfrentar uma nova epidemia. Desta vez, de milhões de doentes mentais e dependentes de drogas nas ruas de seu Estado sem ter onde internar, recuperar. A Associação Brasileira de Psiquiatria adverte: transtornos psiquiátricos ocupam o segundo lugar no número de todos os atendimentos nas urgências do Brasil. Em Minas Gerais, portanto, o senhor corre o risco de ter 20% dos seus 21 milhões de habitantes em surtos psicóticos, depressão com risco de suicídio, dependentes de drogas colocando em risco de morte suas vidas e a de terceiros e SEM ter onde serem tratados.

O fechamento do GALBA VELLOSO tem causado imenso desespero nas famílias, denunciam mães e parentes dos 90 PACIENTES , que estavam internados no final de março por graves doenças mentais -Esquizofrenia, Bipolar, Depressão com tentativa de suicídio, Psicóticos graves – MAS que foram tirados do GALBA VELLOSO e ,em estado grave, devolvidos às famílias ou transferidos para hospitais, que já estavam lotados.

PÁGINA CONTRA O FECHAMENTO DO GALBA VELLOSO FOI CRIADA NO FACEBOOK E JÁ TEM INÚMEROS PROTESTOS.

Jornais criticam a medida.

Essa a imagem que o senhor quer passar do seu governo?

Como advertem 17 médicos em manifesto divulgado à população:

“Ressaltamos que, além das consequências habituais decorrentes da falta de tratamento ao paciente psiquiátrico, os mais diversos e por vezes gravíssimos danos a si mesmos e a terceiros, essa população estará muito mais sujeita a ser infectada pelo novo coronavírus e a contaminar pessoas, devido a sua falta de atenção para com cuidados básicos de higiene e a atitude de errancia que lhes é tão comum. ”

Portanto, GOVERNADOR ,se sua equipe de Saúde mantiver o GALBA VELLOSO fechado, o senhor irá sofrer consequências amargas, porque Minas Gerais estará nas manchetes da imprensa, denunciado que a sua saúde pública não consegue mais deter doenças, mortes, desgraças.

Atenciosamente,

Miguel Tortorelli, Presidente da Federação de Amor-Exigente
Izilda Alves, Consultora da Federação de Amor-Exigente

A FEDERAÇÃO DE AMOR-EXIGENTE ATENDE UM MILHÃO E 200 MIL FAMÍLIAS DE DEPENDENTES DE DROGAS gratuitamente, por ano, no Brasil.

Foto do Hospital Galba Velloso::Alexandre Hatem Pereira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *