Secretário Quirino Cordeiro Júnior: acolhimentos em comunidades terapêuticas sem riscos para a COVID-19

Espalhe essa notícia:

Nestes tempos de epidemia causada pela COVID-19, “o dependente químico não pode ter o tratamento interrompido ”, determinam ÀS COMUNIDADES TERAPÊUTICAS PORTARIA E CARTILHA da Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, do Ministério da Cidadania. “ Diante de eventual suspeita ou confirmação da infecção pelo novo coronavírus, o acolhido deverá ser encaminhado para atendimento em Unidade de Saúde.” Explicações ao Diário Antidrogas do SECRETÁRIO NACIONAL DE CUIDADOS E PREVENÇÃO ÀS DROGAS, PSIQUIATRA QUIRINO CORDEIRO JÚNIOR.

PARA NOVO ACOLHIMENTO, O SECRETÁRIO NACIONAL DE CUIDADOS E PREVENÇÃO ÀS DROGAS, PSIQUIATRA QUIRINO CORDEIRO JÚNIOR descreve as novas regras que garantem segurança aos que já estão internados e a toda a equipe da comunidade terapêutica:

A INTERNAÇÃO EM COMUNIDADE TERAPÊUTICA é ação exemplar da Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas , que aumentou em mais de cinco vezes o número de vagas financiadas pelo governo federal: no início de 2019, eram duas mil, hoje já são 10.805 vagas. O tempo do acolhimento em comunidade terapêutica varia de três a 12 meses.Mapa com todas as comunidades terapêuticas credenciadas pela SENAPRED está no site do Ministério da Cidadania, informando localização,número de vagas, telefone e e-mail para contato. http://mds.gov.br/area-de-imprensa/noticias/2019/julho/ministerio-lanca-mapa-virtual-de-comunidades-terapeuticas-no-brasil

Dúvidas podem ser esclarecidas na Secretaria pelo e-mail senapred@cidadania.gov.br

PORTARIA 340/2020

http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-340-de-30-de-marco-de-2020-250405535

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES PARA AS COMUNIDADES TERAPÊUTICAS

file:///C:/Users/IZILDA/Downloads/Coronavirus_ComTerapeuticas_online.pdf%20(2).pdf

.