Drogas causam tragédias registradas em delegacias mas ignoradas por prefeituras e Ministério da Saúde

Espalhe essa notícia:

Primeiro, ele destruiu a própria casa. Depois, avançou contra a mãe, com o único objeto que restou: um martelo.Mas foi impedido pelo irmão. Agora, está preso. Tragédia causada pelo uso de drogas, na manhã de quarta-feira, 10 de junho, num bairro de Manaus., capital do Amazonas. As vítimas, mãe de 49 anos, e filho de 25. Apesar de notícia em jornal da cidade, nenhuma autoridade de Saúde ou da Assistência Social foi à casa oferecer ajuda à mãe ameaçada de morte pelo próprio filho sob efeito de drogas e, muito menos, para identificar o tráfico de drogas no bairro, a falta de atendimento eficaz no posto de Saúde e as dificuldades que encontrou na rede pública para tentar recuperar o filho. Acabou como caso de polícia, como na maioria das cidades brasileiras onde falta tudo nos hospitais do SUS para recuperar dependentes de drogas e o tráfico domina ruas e praças.

As explicações para o surto, a destruição e agressão são do cabo Robson Castro, da 24ª Companhia Interativa Comunitária, ao site EM TEMPO: “A mãe explicou que o filho estava drogado e exigiu uma quantia de R$ 250 e que a mãe tinha que dar o jeito de conseguir porque precisava pagar a conta em um motel onde teria usado drogas com amigos e já havia deixado o carro da mãe empenhado para pagar as despesas.” Ele está preso, a mãe em depressão e o irmão tentando reconstruir o que a droga destruiu na única casa da família.

ttps://d.emtempo.com.br/policia/207556/filho-tenta-matar-a-mae-apos-ela-se-negar-a-pagar-divida-de-motel

Incrível como casos dramáticos como este não merecem atenção do Ministério da Saúde e nem das prefeituras para identificar causas e deficiência no atendimento da rede pública, prevenção nas escolas do bairro e maior rigor contra o tráfico de drogas nessas cidades. Os jornais informam, a polícia registra, mas as autoridades que deveriam se unir, continuam ignorando tragédias como desta família num bairro de Manaus, causada pelo tráfico de drogas.