BRASÍLIA URGENTE!! Vice-presidente da Câmara Federal é contra o PL399/2015, revela deputado Fábio Freitas

Espalhe essa notícia:

Vice-Presidente da Câmara Federal, Marcos Pereira

Vice-Presidente da Câmara Federal , Marcos Pereira, declarou ser contra o PL399/2015 em encontro hoje com o Deputado Estadual do Pará, Fábio Freitas, na Câmara Federal .Também o Presidente da Frente Parlamentar Evangélica, Silas Câmara , confirmou ser contra o PL. Ele representa 100 deputados federais. E ofício foi protocolado por Fábio Freitas para ser entregue ao Presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia.

Presidente da Frente Evangélica, deputado federal Silas Câmara

Com a palavra o Deputado Fábio Freitas:

Nós sabemos que o projeto 399, que eles apresentam como sem fins lucrativos e com fins medicinais, é o famoso jabuti, é tudo mentira. Hoje eu vim a Brasília e protocolei ofício na Frente Parlamentar Evangélica, onde o deputado Silas Câmara, Presidente da Frente e deputado federal do Amazonas é contra esse absurdo , o PL399. Também pedi apoio ao nosso deputado federal Vavá Martins e ao Presidente Nacional do Partido Republicano, Marcos Pereira, Vice–Presidente da Câmara dos Deputados , que declara ser contra o PL399. E protocolamos ofício através do deputado Jhonatan de Jesus e do deputado federal Marcos Pereira. Em Brasília, somos 34 deputados federais contra o projeto 399 , porque somos contra a legalização da maconha. Nós não aceitamos isso! Também protocolei ao Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ofício descrevendo as problemáticas que as drogas trazem e destacando a potencialidade da maconha. Porque nós sabemos que o projeto, que eles apresentam como sem fins lucrativos e fins medicinais, é o famoso jabuti. Lendo o projeto é tudo mentira. No`Pará, todo mundo também é contra o PL399. Eu pedi o apoio da Frente Evangélica, que tem mais de 100 deputados federais. Este é o nosso trabalho, em defesa da família paraense e brasileira.”

O DEPUTADO ESTADUAL FÁBIO FREITAS,do PARÁ , é Presidente da Comissão de Prevenção às Drogas da Assembleia Legislativa, membro titular de duas comissões de segurança pública, Conselheiro Estadual de Segurança Pública e integrante do CONAD -Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas – da Comissão Bi-Partite do Ministério da Justiça.

O projeto de lei 399/2015 que vem sendo anunciado pelo PT, PSOl e PSB para “fins medicinais”, logo em sua apresentação anuncia os objetivos: “Dispõe sobre cultivo, processamento, pesquisa, produção e comercialização de produtos à base de Cannabis spp(maconha)” Autoriza até o uso de maconha na produção de alimentos e quando cita medicamentos não apresenta pesquisas que comprovem a eficácia no tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *