“O PL 399/2015 autoriza uso irrestrito de maconha em medicamentos, facilitando, portanto a venda a dependentes”, adverte o Secretário Quirino Cordeiro Júnior

Espalhe essa notícia:

Câmara Federal poderá votar esta semana projeto de lei que põe em risco as famílias e o futuro do Brasil. “É o projeto de lei 399/2015”, adverte o Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, do Ministério da Cidadania, psiquiatra QUIRINO CORDEIRO JÚNIOR:

“Este projeto de lei autoriza o uso irrestrito da maconha em medicamentos, facilitando, portanto, a venda para dependentes. E também autoriza plantação de maconha em todo o país , dificultando a fiscalização.”

O PL399/2015 libera , além do cultivo, produção, comercialização, importação e exportação de produtos com maconha “até sem fins medicinais” como está escrito no projeto. A urgência para a votação vem sendo solicitada por três partidos : PT, PSOL e PSB. E o mais grave : o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, tem informado que aceita essa votação “de urgência”.

ENTENDA TODOS OS RISCOS DESTE PROJETO DE LEI, O 399/2015, COM AS EXPLICAÇÕES DO SECRETÁRIO NACIONAL DE CUIDADOS E PREVENÇÃO ÀS DROGAS, DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA: