SENAPRED: MAIOR PROGRAMA DE SAÚDE PÚBLICA, NO BRASIL DAS CRACOLÂNDIAS

Espalhe essa notícia:

Foto: Secretário Quirino Cordeiro Júnior

Iniciativa inédita no Brasil: 1.456 vagas em 287 comunidades terapêuticas de 20 estados e do Distrito Federal para acolher , gratuitamente, dependentes de drogas em cracolândias e nas ruas de Norte a Sul do país. “Esta ação fortalece ainda mais a importância das Comunidades Terapêuticas no cuidado efetivo dos dependentes de drogas, principalmente os que estão em situação de rua e se tornam os de maior risco pela dependência e pela COVID-19”, declara o Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, do Ministério da Cidadania. O psiquiatra Quirino Cordeiro Júnior coordenou a criação desta importante ação em Saúde Pública ,em parceria com o Ministério da Saúde e da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, e divulgada em primeiro de outubro, em Brasília. “Unimos os corações dos nossos ministérios por algo inovador, dando às comunidades terapêuticas o reconhecimento que elas merecem “ , define o Secretário  Especial do Desenvolvimento Social,do Ministério da Cidadania, Sérgio Queiroz.

A maior cracolândia do Brasil fica no centro da cidade de SP, na a região da Luz. Foto: Carlos Torres

DEPENDENTES SÃO OS DE MAIOR RISCO À COVID-19
Programa essencial ao Brasil, principalmente nestes tempos da COVID-19 onde prefeituras ignoram os riscos de cracolândias em suas ruas e praças. “ Estudos mostram como essa população é a de maior risco, porque seus pulmões, órgão que o novo coronavírus ataca, já estão com funções prejudicadas pelo crack, pela maconha e pelo tabaco”, explica o Secretário Quirino Cordeiro Júnior.

10 MILHÕES E 200 MIL REAIS PARA ATENDER CINCO REGIÕES DO PAÍS

O governo federal está destinando 10 milhões e 200 mil reais para o pagamento desse importante atendimento em comunidades terapêuticas em municípios das cinco regiões do país: Norte, Nordeste,Centro-Oeste, Sudeste e Sul. O presidente da Cruz Azul no Brasil , Rolf Hartmann, também Conselheiro Fiscal da Confederação Nacional das Comunidades Terapêuticas, participou do evento em Brasília e comemorou:

Rolf Hartmann ” As pessoas têm valor e merecem cuidado e esperança no futuro.” À mesa, da esquerda para a direita: Secretário Quirino Cordeiro Júnior, Secretário Sérgio Queiroz, ministra Damares Alves

“As vagas são mais do que números. Nós estamos proporcionando 1.456 oportunidades de mudança de vida. Vidas que as comunidades têm a missão de acolher. Esse é o primeiro fundamento dessas instituições: dar dignidade. As pessoas têm valor e merecem cuidado e esperança no futuro.”

AS AÇÕES NA RUAS
Comunidades Terapêuticas que têm desenvolvido trabalho essencial no acolhimento e recuperação de dependentes de drogas no Brasil. O Secretário Quirino Cordeiro Júnior descreveu as etapas desse programa:

  • a rede de Assistência Social convence o dependente na rua da necessidade do acolhimento em Comunidade Terapêutica;
    nestes tempos da COVID_19, ele passará por exames no centro de saúde mais próximo e, se estiver, com a COVID-19 passará portratamento antes de ser levado à comunidade terapêutica;
    a Comunidade Terapêutica terá até cinco dias para comunicar a nova internação ou o encaminhamento para unidade de saúde por causa da infecção pelo novo coronavírus.;
  • a Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Droga s tem realizado monitoramento  semanal em todas as suas comunidades terapêuticas como medida de segurança para acolhidos, funcionários e familiares
  • “É UM SONHO REALIZADO “, DEFINE MINISTRA DAMARES
    A MINISTRA DAMARES ALVES, titular do Ministério da  Mulher, da Família e dos Direitos Humanos se emocionou : “Isto é um sonho. A maior obra do governo Bolsonaro é essa: investir em pessoas. E juntos, vamos mudar essa triste realidade , pois a gente acredita neste programa e na forte atuação das comunidades  terapêuticas no Brasil”.
    Amanhã, você vai conhecer , por regiões as comunidades terapêuticas que participam deste importante programa, exemplo para todas as todas as prefeitura e estados no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *