Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas é contra o PL 399/2015, declara o psiquiatra Quirino Cordeiro Júnior

Espalhe essa notícia:

“O Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas é contra o projeto de lei 399/2015 e reafirma sua posição contra a liberação da maconha no Brasil”, declara o Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, do Ministério da Cidadania, psiquiatra Quirino Cordeiro Júnior. O CONAD  é a principal entidade na regulamentação de uso de drogas no país. O PL399/2015 poderá ser votado até dia 17 de dezembro, “em regime de urgência” na Câmara Federal. A data está sendo definida pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e pelo deputado federal Paulo Teixeira, do PT. É que o recesso da Câmara começa no dia 18 de dezembro. A assessoria do deputado Paulo Teixeira confirma a reunião e possibilidade de votação em dezembro.

Além de autorizar a plantação de maconha no Brasil, o PL399/2015 autoriza também uso industrial da maconha na produção até de alimentos. Riscos do substitutivo do projeto de lei 399/2015, apresentado pelo PSB, PT com apoio do PSOL e do PSDB na Câmara dos Deputados para votação “com urgência”. 

COM A PALAVRA, O SECRETÁRIO NACIONAL DE CUIDADOS E PREVENÇÃO ÀS DROGAS, DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA, E INTEGRANTE DO CONAD, PSIQUIATRA QUIRINO CORDEIRO JÚNIOR.

#PL399não