Perguntei ao novo ministro da Cidadania: o que irá acontecer com a SENAPRED,exemplo no Brasil em ações antidrogas?

Espalhe essa notícia:

Com a mudança do ministro da Cidadania, o que irá acontecer com a equipe da SENAPRED? Secretaria comandada pelo dr. Quirino Cordeiro Júnior ,que tornou realidade ,pela primeira vez no Brasil, o que as famílias mais desejam: uma política antidrogas eficaz em prevenção, tratamento e reinserção social.

Como Editora deste site, Diário Antidrogas , e Porta- Voz da Frente Nacional contra a Liberação da Maconha e da Cocaína enviei a pergunta ao novo ministro, dr. João Roma.

Ao Excelentíssimo

Doutor João Roma

Ministro da Cidadania

Prezado Senhor:

Parabéns pelo novo e importante cargo, Ministro da Cidadania. São meus leitores que me motivam escrever para o senhor, que irá administrar um ministério que salva vidas. Como minha especialidade é escrever sobre a grave doença que causa epidemia no país, a dependência de drogas, revelo ao senhor o que meus leitores têm me perguntado: o que irá acontecer com a Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas?Eles estão muito preocupados, ministro, porque no Brasil, ações de tratamento, reinserção social e assistência às famílias são realizadas com sucesso pela equipe da SENAPRED. Exemplo é o tratamento com recuperação em comunidade credenciada pela SENAPRED em todo o país e,em breve, 13.200 vagas em 978 Cts. Como pai, o senhor concorda, que filho com saúde é uma grande alegria? No final do ano passado, a SENAPRED registrava 55 mil dependentes recuperados em suas CTs em todo o país.

São inúmeras as ações que defendem as famílias desde 2019, quando a Secretaria foi criada. O segredo é que o Secretário Quirino Cordeiro Júnior tem uma profissão rara no Brasil: trata dependente de droga como doente que necessita de tratamento e sua família, de assistência.O dr. Quirino tem a experiência de quem dirigiu centros de referência no tratamento de dependentes de drogas em São Paulo. No Cidadania, o doutor Quirino comanda uma equipe de especialistas: a advogada Claudia Leite, Diretora de Prevenção, Cuidados e Reinserção Social;Joaquina Mercês na Chefia de Gabinete; Edu Cabral na articulação no Congresso, psicóloga Lívia Lopes e a advogada Débora Iara Moresco . Equipe incansável na missão de cumprir o que anunciou o Presidente Jair Bolsonaro na sua campanha: um Brasil com Saúde e Sem Drogas.

Obrigada por sua atenção e aguardo suas decisões para responder aos meus leitores.

Respeitosamente,

Izilda Alves

Editora do site Diário Antidrogas

Porta-Voz da Frente Nacional contra a Liberação da Maconha e da Cocaína

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *