50 mil famílias de dependentes em risco,se cortes no Orçamento 2021 forem confirmados

Espalhe essa notícia:

50 mil famílias: o que significam para um partido político nas eleições de 2022? Para o MDB, os votos de 50 mil famílias parecem não ser importantes. É o que se deduz da sugestão do Relator do Orçamento, senador Márcio Bittar, do MDB-Acre, que quer cortar, sem dó nem piedade, o direito de 50 mil famílias brasileiras terem tratamento gratuito para filhos dependentes de drogas, a maioria dependentes de crack e em tratamento com recuperação, até por um ano, nas comunidades terapêuticas credenciadas pela Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, do Ministério da Cidadania. Em entrevista ao site Congresso em Foco, o relato Márcio Bittar , do MDB-Acre admitiu:

Senador Márcio Bittar, MDB-Acre, relator do Orçamento 2021

“ Eu sugeri ao governo fazer corte desses R$ 10 bilhões. Nesse pacote está dinheiro para estudar vacina brasileira, está dinheiro para assistência social do Ministério da Cidadania para 50 mil famílias dependentes de drogas, dinheiro para fiscalização do Ibama.”

Fica portanto, a pergunta:

Como fica a Política Nacional Sobre Drogas do governo Bolsonaro?

Presidente Bolsonaro

Afinal, em abril do ano passado , Bolsonaro implementou uma nova Política Nacional Sobre Drogas. Nova política para investir em Comunidades Terapêuticas para acolhimento, assistência e tratamento de dependentes de drogas. Nova Política assegurando políticas públicas para redução da oferta de drogas, que teve o apoio de todas as famílias no Brasil. E agora, qual vai ser a resposta do Ministério da Economia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *