“PL399 causa imensa preocupação”,revelam eleitores de 10 estados ao Presidente da Câmara

Espalhe essa notícia:

Os gravíssimos riscos do PL399, aprovado terça-feira em Comissão Especial por apenas 17 dos 513 deputados da Câmara, em Brasília, são questionados em carta enviada por eleitores de 10 ESTADOS – São Paulo, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina,Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia Maranhão, Ceará e Sergipe – ao Presidente da Câmara, Deputado Arthur Lira.

A CARTA

“Ao Excelentíssimo Deputado Federal

Arthur Lira

Presidente da Câmara dos Deputados

Prezado Senhor:

Como eleitores de 10 ESTADOS -São Paulo, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina,Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia Maranhão e Ceará – solicitamos sua especial atenção. É imensa nossa preocupação com os gravíssimos riscos às nossas famílias com a aprovação terça-feira do PL 399 em comissão especial da Câmara. Já sofremos as devastadoras consequências da COVID 19, que já matou mais de 480 mil brasileiros e lota UTIs no país. Porque, então, a pressa para votar o PL399 que também coloca em risco nossas famílias por quatro motivos:

PRIMEIRO: por que autorizar plantação de maconha para uso em produtos NÃO MEDICINAIS, inclusive, alimentos? Famílias, deputado, não querem produtos com maconha em suas casas.

SEGUNDO- ao autorizar plantação de maconha para uso em PRODUTOS NÃO MEDICINAIS, não foi contraditória a votação em Comissão Especial que tem finalidade restrita ao seu nome -Remédios com Cannabis?

TERCEIRO -Como mães e pais nos solidarizamos com as famílias que necessitam do tratamento para as crianças com epilepsia de difícil controle. Mas não entendemos por que é preciso lei já que o remédio com cannabis é autorizado pela ANVISA e pelo CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA. Portanto,não seria mais adequado esses doentes, 10% dos casos de epilepsia de difícil controle, terem esse remédio de GRAÇA no SUS?

QUARTO -Qual a necessidade de plantar maconha no Brasil? No meio de uma pandemia gravíssima como a da COVID-19, por que a pressa para votar projeto tão polêmico sobre droga proibida no Brasil por causar doenças graves, além de colocar em risco os dependentes em recuperação ao autorizar até alimentos com maconha? Plantar maconha e autorizar uso em produtos NÃO MEDICINAIS passam a ideia de maconha ser “droga inofensiva” e tornam ineficaz, no projeto, a proibição para fumar maconha,aumentando o número de dependentes, portanto doentes que podem desenvolver doenças gravíssimas como esquizofrenia e depressão profunda com suicídio.

Agradecemos sua importante atenção.

ASSINAM ESTA CARTA:

SÃO PAULO
CAPITAL
Miguel Tortorelli – Vice- Presidente da Federação de Amor-Exigente
Regina Tortorelli- Coordenador da Regional Norte Paulistana da FEAE
Marly Lima
Deise Tavares-Coordenadora do Amor-Exigente na zona Sul de SP
Céĺia Galan– integrante da Regional Norte Paulistana da FEAE
Ângela Maria dos Santos
Roberto Calixto Cabral
CIDADES
COTIA ( SP)
Jani Xavier, Assistente Social de Cotia (SP) representando mães de Sergipe, Brasília, Santa Catarina e 14 municípios de SP: Guarulhos, São Miguel Arcanjo, Sorocaba,Ibiúna, São Roque,Taubaté São José do Rio Preto, Piracicaba, Vargem Grande ,Itapevi, Carapicuíba, Osasco, Jandira e Ribeirão Preto
SÃO BERNADO DO CAMPO
Adilson e Rosemarie Bianchi Massanet –
LIMEIRA
Hilda Souza Costa, jornalista e apresentadora do programa “Café com Você”
SERRA NEGRA
Fábio Magalhães-Coordenador da Regional de Serra Negra da FEAE
SÃO JOÃO DA BOA VISTA
Eliseu Marcel Domingos, Coordenador da Comunidade Terapêutica Projeto Fênix
ARAÇATUBA
Adalberta de Holanda Cavalcante Fortes Martins
Poá
Débora Santino
Taubaté
Julieta Aparecida Barbosa de Santa Rita
Lydio Henrique Rossiter de Santa Ritta
Erick alfredo Barbosa Santa Ritta
Ubatuba
Luiza Penteado Adolpho
Rômulo Ayron Cabral dos Santos

MATO GROSSO DO SUL
Campo Grande, capital
Tânia Cardoso da Cunha-Coordenadora do Amor-Exigente
Emerson Belaus de Carvalho Pereira
Elizabeth Ribeiro
Rogério de Andrade João
Ana Lúcia Alves de Arruda Pereira
Dalva Lúcia Junqueira Figueiredo
-Maria José Jardim Machado
Fátima Coelho de Oliveira Baptistotte
Ivo Alves Pimenta
Tania Tanus
Cilas Borges
-Lilian Rocha Pereira Borges

Maria Bernadeti Ávila Zaher
Suzelly Silveira Silva Viotto
Irma Cabreira
Namir das Graças Zorzzi Amaral
Maria Aparecida de Souza Silva
Namir das Graças Zorzzi Amaral
Maria Aparecida de Souza Silva

Ribas do Rio Pardo MS
Florinda Vançan Medina.

Luiz Carlos Maciel Medina
SANTA CATARINA
Camboriú
Vanilza Domingos de Souza da Silva
RIO GRANDE DO SUL
CIDADES
ENCANTADO
–Maria Márcia de Mello
Gravataí
Ana Claudia Braun
Brenda Antunes
Cachoeirinha
Marta Santos dos Santos ( TIA E MÃE)
MARANHÃO
São Luís, capital
Marlene de Jesus Sousa, São Luís
município: São José do Ribamar
Erisson Alan Sousa Lindoso
CEARÁ
Fortaleza
Luciana Ferreira Silva
Carla Micheline de Carvalho Ramos
Onélia Soares Barbosa
Sobral
–Maria Ivone Santos Mesquita, de Sobral, Presidente do Instituto Casa Belém.
Tamiles Mesquita de Medeiros Lima
Claiane lara Silva Franca
Samila da Silva Sousa –
Benedita Maria dos Santos
AMONTOADA
Carlos Roberto Bruno Teixeira
Ana Célia Vasconcelos
FORQUILHA
Francisca Nilda Feijão Silva
GRAÇA
Janacleia de Alcântaras Silva
ITAREMA
Maria Rosenade Alves
IBIAPINA
Taymara Oliveira Lopes
– MINAS GERAIS
Geraldo Morais Neto
Rute Léia Barbosa Ruas
Ana Cristina Silveira Moreira
Tomaz de Aquino Moreira
Elenice das Dores Venâncio
Luciene Carvalho Vasconcelos e Vasconcelos
Ana Flávia de Jesus do Carmo
CIDADES
Uberlândia
Elaine dos Santos Uberlândia
Cátia Regina Bettim Gonzaga
Guilherme Pires Gonzaga
Neusa Pires GonzagaMiriam Pires Naves Oliveira
Kamila Mendes da Costa
Danúbia Líbano Camargos
Maria Auxiliadora
Neusa Pires Gonzaga
Ely Vieira de Brito Borges
Mirtes Ferreira Macedo Silva
Araguari
Marcia Regina de Melo Araújo
JUIZ DE FORA
Regina Célia Asth Fernandes
Luiz Carlos Fernandes
Rafael Asth Fernandes
Rosilene Soares Asth Fernandes
Anderson Asth Fernandes
RIO DE JANEIRO
Mirta Baroni Domingues
Niterói
Rosa Escobar
BAHIA
Salvador
Iracilda Carvalho Caetano