Tratamento de dependentes: 17 mil vagas gratuitas em comunidades terapêuticas

Espalhe essa notícia:

Você sabia que famílias de dependentes de drogas têm direito a 17 mil vagas GRATUITAS para recuperar dependentes de drogas no Brasil?

É O QUE GARANTE PROGRAMA DE CREDENCIAMENTO DE COMUNIDADES TERAPÊUTICAS, INÉDITO NO BRASIL E CRIADO, em 2019, PELA SECRETARIA NACIONAL DE CUIDADOS E PREVENÇÃO ÀS DROGAS, DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA.

São comunidades terapêuticas selecionadas pelo Edital nº 17/2019 (IGNORADO PELO FANTÁSTICO, DA TV GLOBO) para “serviços de acolhimento a dependentes químicos em regime residencial transitório e de caráter exclusivamente voluntário e gratuito”.

São 17 mil vagas EM 684 comunidades terapêuticas de Norte a Sul do país, tratando, recuperando, ressocializando e com assistência às famílias.

NO SITE DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA,MAPA DE TODAS AS COMUNIDADES CREDENCIADAS PELA SENAPRED:

http://mds.gov.br/area-de-imprensa/noticias/2019/julho/ministerio-lanca-mapa-virtual-de-comunidades-terapeuticas-no-brasil

MAPA TAMBÉM PUBLICADO NO SITE DA FEDERAÇÃO DE AMOR – EXIGENTE

https://amorexigente.org.br/ministerio-da-cidania-lanca-mapa-virtual-de-comunidades-terapeuticas-no-brasil

DOCUMENTO DA SENAPRED, NOTA TÉCNICA NÚMERO 17/2019 , PUBLICADO NO SITE DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA, DEFINE COMUNIDADE TERAPÊUTICA, EXPLICA COMO É A SELEÇÃO DAS CTs, OS DIREITOS DOS ACOLHIDOS. E QUEM PODE SER TRATADO EM COMUNIDADE TERAPÊUTICA:

“COMUNIDADES TERAPÊUTICAS oferecem acolhimento, com garantia de direitos e o respeito à autonomia dos indivíduos na reconstrução de trajetórias de vida pelo desenvolvimento de projetos terapêuticos que visam à promoção e manutenção da abstinência e plena recuperação da dependência química. O período de acolhimento é entendido como etapa transitória para a reinserção social e econômica do usuário ou dependente de drogas. Ademais, o atendimento prestado nas CTs tem como principal característica a adesão e permanência voluntárias, manifestadas por escrito. Os encaminhamentos para as CTs podem ocorrer por meio dos serviços do SUS, SUAS, e também a pessoa pode procurar por demanda espontânea. Não há qualquer limite superior de idade para o acolhimento em CTs. Assim, as pessoas idosas com problemas relacionados ao uso e dependência de drogas podem ser acolhidas em Cts.”

https://www.gov.br/cidadania/pt-br/acesso-a-informacao/legislacao/SEI_MC12479713NotaTcnica.pdf